quinta-feira, 15 de abril de 2010

Cantoras e mais Cantoras

Já que ando numa fase de falar muito sobre cantoras, gostaria aqui de recomendar três trabalhos, três vozes maravilhosas, três mulheres inesquecíveis:

1- Soldier Of Love. Sade
Após uma longa ausência dos estúdios, a anglo-nigeriana volta com sua habitual elegância e sutileza. Acho que Sade é uma das cantoras mais incompreedidas de todos os tempos.

Uma parte cretina da crítica a rotulou como representante da geração yuppie, uma intérprete chique mas vazia de alma. Absurdo!

Sade pode se orgulhar de ter aberto uma nova trilha para cantoras que investem mais no canto calmo, emotivo e sublime. Sem gritos e sentimentalismos exagerados. Mais ou menos a trilha seguida pela minha segunda dica...

2- The Sea. Corinne Bailey-Rae
Marcada pela morte do marido, Bailey-Rae fez neste seu segundo trabalho uma obra mais intimista e pesada que sua estreia, marcada por canções abertamente radiofônicas como Put Your Records On e Like A Star.

A voz continua cheia de nuances, pequenos detalhes que revelam dor, frustração e também alegria. Sentimentos que abundam na obra da minha terceira indicação...

3- To Be Free. Nina Simone
É difícil dizer qualquer coisa nova sobre um artista do porte de Nina Simone.

Falar que ela foi pioneira na luta pelos direitos civis dos negros, que rasgou sua alma muitas vezes diante de audiências estupefatas, que fez versões definitivas para clássicos como Ne Me Quites Pas, Feeling Good, I Put A Spell On You, Don't Let Me Be Misunderstood e Wild Is The Wind, isso todo mundo já disse.

Mas fazer o quê? Ela permanece um dos tesouros da música do século XX. Descobri-la e resdescobri-la é mais que um prazer. É uma necessidade.

6 comentários:

David ®... disse...

Soldier of love entrou pra lista de cd q ouço da primeira a última faixa (e nesse caso, The Safest Place fecha com chave de ouro).

Qto a Corinee, ainda não pude ouvir mas tá na lista de pendências.

Já Nina, satisfação garantida ou seu dinheiro de volta...rs

Luciano Azevedo disse...

Boa noite, Luis. Tenho visitado seu blog para explorar a riqueza musical que ele abriga e, assim, descobrir novos sons, novas vozes. Gostei muito desse post. Conheço pouquíssimo do trabalho de Sade. Já vi esse cd do post na loja e fiquei com vontade de comprar. Vc deu o empurrão que faltava.rs Vou tentar encontrar alguma coisa das outras duas. Abraço!

Luis Valcácio disse...

Luciano, infelizmente Nina Simone é uma artista com pouquíssimos títulos disponíveis no mercado nacional. O que eu mencionei no texto é uma caixa com 3 cd's que, naturalmente, só é encontrada em versão importada. Tente baixar algo na rede. Recomendo os álbuns High Priestess os Soul e o Wild Is The Wind, que como disse o amigo David, é satisfação mais que garantida.
Grande Abraço,
Luis

Marcia Gomide disse...

E eu que achava que compreendia Sade...

Mona Gadelha disse...

Sade, uma das que mais influenciou muita gente...I love her!

Ninil Gonçalves disse...

É, realmente essa mulher faz um trabalho excepcional e este disco não fica atrás em qualidade. Que coisa maravilhosa é aquela batida de e aquele riff de guitarra de "Soldiers of Love"? Não gosto de ouvir a mesma música duas vezes seguida, mas esta eu ouvi "quatro" vezes! Seu blog continua sendo uma referência pra mim. Abraço.